Juruá

O PROJETO JURUÁ não é apenas um projeto da Missão do Céu, mas ele consiste em projetos de diversas igrejas e organizações para o incremento da expansão do evangelho na região do rio Juruá. Pesquisas apontam que o médio Juruá é uma das regiões menos evangelizadas na Amazônia, principalmente nas comunidades ribeirinhas e indígenas abaixo de Ipixuna e acima de Carauari, onde o acesso é mais difícil. Diante desta realidade, está se configurando um esforço por parte de diversas frentes missionárias para que estas comunidades sejam alcançadas e discipuladas nos próximos anos. Há iniciativas de treinamento, de capacitação, de ação e desenvolvimento social, de plantação de igrejas, de logística e outros. 

A Missão do Céu está propondo a envolver-se prioritariamente com as ações de logística aérea na região do Juruá, mas também na mobilização e intermediação entre líderes e pastores locais com os coordenadores de projetos das organizações externas à região, para que as diversas ações sejam efetivas. 

A mobilidade e o transporte representam um dos maiores desafios ao trabalho missionário na região. Basicamente, as comunidades ainda não foram alcançadas com a presença efetiva da igreja de Cristo é devido a dificuldade de alcançar as comunidades geograficamente. A barreira geográfica é a mais cara a ser ultrapassada atualmente na região. Uma vez ultrapassada a barreira geográfica, todas as outras barreiras (social, cultural, recursos humanos) passam a ser mais fáceis de serem ultrapassadas. 

Sendo assim, a Missão do Céu já iniciou o desenvolvimento de PARCERIAS para a implantação de PROJETOS MISSIONÁRIOS de diversas frentes diferentes para a região do médio Juruá. Os parceiros já engajados até o mês de agosto de 2019 consistem na MEAP, MOR, AEPR, IPM e Harvesters Ministries (Ceifeiros). 

As ações previstas pela MDC consistem na mobilização e organização do primeiro treinamento de evangelismo, discipulado e plantação de igrejas. A ação está prevista para a segunda quinzena de novembro em parceria com a HARVESTERS. A segunda ação será em dezembro em parceria com a Igreja Presbiteriana de Manaus. 

Para 2020 e 2021, a Missão do Céu propõem se a levar um projeto a cada 90 a 120 dias para a região, atendendo ações missionárias desenvolvidas entre Ipixuna, Envira, Eirunepé e Itamarati. Além disto, também atender demandas de parceiros que necessitem da logística que a MDC possa suprir. 

Os custos para os projetos de iniciativa da Missão do Céu serão incluídos integralmente no orçamento anual da Missão do Céu. Estamos estimando o investimento de aproximadamente 60 mil reais durante o ano de 2020 para os voos para a região do rio Juruá. Os projetos de iniciativa de parceiros serão subsidiados conforme cada acordo de parceria seja definido. 

O planejamento é que sejam realizadas viagens com projetos missionários nos meses de abril, junho ou julho, setembro e novembro, mas não limitado a estes ou conforme as programações dos parceiros e usuários da logística aérea. 

Os projetos serão desenvolvidos pelos parceiros e com participação da MDC com pessoal, recursos e logística. 

A MDC destinará recursos equivalentes a 100 mil reais por ano para serem usados no subsidio dos voos. 

NOSSOS PARCEIROS